SESAPI suspende novo processo de regulação ambulatorial no Vale do Canindé

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI) suspendeu nesta segunda-feira, 10, o novo sistema de regulação ambulatorial na região de saúde Vale do Canindé.  “Comunicamos aos Senhores que em decorrência da necessidade de reorganização do processo de regulação e por determinação da Secretaria Municipal de Saúde, o sistema de regulação ambulatorial do território vale do Canindé suspenso por tempo indeterminado. Orientamos que o modelo anterior de acesso seja retomado”, diz a SESAPI em ofício.

O processo de regulação do acesso às ações ambulatoriais no Território do Vale do Rio Canindé foi iniciado em 27 de janeiro de 2020, através de uma medida articulada e pactuada entre a SESAPI e os 23 municípios, que por meio da PPI (Programação Pactuada Integrada) alocaram recursos financeiros para oferta de procedimentos ambulatoriais em Oeiras.

Em virtude da nova decisão, a Secretaria Municipal de Saúde de Oeiras emitiu o seguinte comunicado: “Comunicamos que a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI), que anteriormente havia solicitado o apoio e parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Oeiras para implantar a regulação do acesso aos procedimentos ambulatoriais na região de saúde Vale do Rio Canindé enviou, nesta segunda-feira, 10, correspondência suspendendo esse processo. Sendo assim, até nova orientação, fica valendo o modelo anterior de agendamento dos procedimentos”, esclarece a SEMUSA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *