Coronavírus: Diocese de Oeiras anuncia missas com público restrito e dá orientações a clero e fiéis

Em decreto publicado nesta segunda-feira (16) a Diocese de Oeiras comunicou, em função do avanço do novo coronavírus e seguindo as orientações do Ministério da Saúde e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), uma série de medidas para ajudar a conter o avanço do vírus. Os cuidados são referentes a liturgia das celebrações eucarísticas em prevenção a Covid -19. As missas serão transmitidas ao vivo por rádio e pela página da Paróquia de Nossa Senhora da Vitória no Facebook.

As medidas valem por 15 dias, ou seja, até o dia 31 de abril. Segundo a Diocese, ao fim do período será decidido sobre a programação de procissões e eventos referentes à Semana Santa de Oeiras, que reúne milhares de fiéis.

Segundo o decreto, estão suspensas todas as atividades que reúnam grande número de fiéis, como: encontros (catequese, círculos de estudos, reuniões pastorais, etc), assembleias, vias-Sacras públicas, procissões, festas de padroeiro e aglomerações acima de 100 pessoas em ambiente fechado e 200 pessoas em ambiente aberto.

A Diocese dispensa os fiéis de comparecer as missas aos domingos, e recomenda que sejam acompanhadas pelos meios de comunicação como rádios e redes sociais. O público das missas também será restrito ao número de 100 pessoas em ambiente fechado e 200 pessoas em ambiente aberto.

Ao clero, o decreto recomenda aumentar o número de Missas, para diminuir a quantidade de pessoas nas celebrações. Durante as celebrações, a igreja e lugares celebrativos devem manter as portas e janelas abertas, facilitando a ventilação, e que seja fornecido água para lavagem das mãos e sempre que possível, álcool em gel para os fiéis.

Entre as orientações está sendo pedido que se evitem o abraço da paz; o Pai Nosso deve ser rezado sem contato com as mãos de outros fiéis e, no momento da comunhão, a hóstia deve ser entregue na mão do fiel, e não diretamente na boca. Também estão suspensas as confissões.

Com informações do G1

Share via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *