Com incentivo à piscicultura, Oeiras produz mais de 50 toneladas de peixe

A produção de peixe tem se apresentado como importante alternativa econômica e estratégia de desenvolvimento na zona rural de Oeiras. Nos últimos anos, a atividade ganhou destaque dentre as ações promovidas pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, que investe na capacitação e treinamento de produtores rurais, construção de tanques escavados e na distribuição de alevinos e ração para os primeiros ciclos de produção.

Atualmente, mais de 80 famílias recebem incentivo, acompanhamento e orientações técnicas da Secretaria Municipal de Agricultura, garantindo a estruturação da cadeia produtiva da piscicultura no município.  Uma delas é a dos agricultores José Derisvaldo e Denervaldo Sousa Silva, moradores da localidade Cajazeiras, na região do povoado Contentamento.  Eles ingressaram na atividade há oito meses e já comercializaram mais de uma tonelada de peixe. “Acabamos de vender 50 kg para um comerciante de Picos”, comenta José Derisvaldo, informando que o quilo do peixe custa, em média, R$ 9. Além do peixe, eles produzem milho, banana e macaxeira.

O secretário municipal de Agricultura, Juvenal Souza, pontua que a Prefeitura estabelece parcerias com órgãos como a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) para realizar a qualificação dos agricultores familiares e, com isso, assegurar a estruturação e o crescimento de projetos de piscicultura familiar no município.

“É uma ação que estamos desenvolvendo desde 2018, primeiro com a capacitação na atividade da piscicultura de mais de 80 produtores rurais, distribuídos por todo o município. Estes produtores recebem, através da Prefeitura, a construção de tanques escavados (em média, dois por família), com capacidade de produção de 350 peixes, por tanque. Conseguimos, através de convênio com a Codevasf, recebemos 75 mil quilos de ração e conseguimos distribuir para mais de 100 famílias, em toda a zona rural do município”, afirma o secretário municipal de Agricultura, Juvenal Souza.

Os frutos deste trabalho são animadores: este ano, a produção de peixe no município ultrapassará a marca das 50 toneladas. “Nossa projeção é que, em 2020, passemos de 50 mil quilos de peixe produzidos em Oeiras. É uma oportunidade de geração de emprego para estas famílias e de oferta de carne de peixe para o mercado consumidor oeirense. É uma carne de qualidade, que hoje é muito procurada pela população”, acrescenta Juvenal Souza.

Considerando o potencial de cada região e as vocações locais, a Prefeitura de Oeiras está gerando oportunidades de emprego e renda no campo, através da piscicultura artesanal e familiar em tanques escavados.

Share via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *